7 coisas para não dizer ao passar pela imigração.

4
55540

Ter os documentos em ordem é o primeiro passo para passar pela imigração sem dores de cabeça.
Porém, muitas vezes, apenas a documentação não basta. Os países são autônomos para decidirem quem cruza suas fronteiras ou não. Se desconfiarem de você ou do seu comportamento, investigarão a fundo, farão perguntas e tentarão te impedir de passar pela imigração.

Como não se comprometer
É impossível prever como você será abordado ao passar pela imigração. Os agentes são até bastante imprevisíveis e podem simplesmente não ir com a sua cara. Sim, isso acontece. Entretanto, existem formas de precaver-se e expressões ou respostas que devem ser evitadas nesse contexto tão delicado.
Não vale à pena correr o risco de ser apanhado e impedido de entrar no país por anos.

1. “Esperei muito por essa viagem, estou juntando dinheiro desde o ano passado”.
O agente, na verdade, está muito pouco interessado na sua vida e não vai ficar comovido com tudo o que você contar. Ao passar pela imigração, seja objetivo e responda apenas aquilo que lhe for perguntado, sem parecer muito evasivo também.

2. “Pretendo arranjar um emprego”
Jamais!!! Se você não tem autorização para tal, o mais provável é ser mandado para uma salinha e essa será a única coisa que verá do país. As mentiras são totalmente desaconselhadas também ao passar pela imigração. Por isso, se vai para trabalhar, saia do Brasil com a documentação adequada.

3. “Vim com muitos amigos”.
Mais uma vez, o agente não estará muito interessado na sua vida. Mas, se disser que está viajando em grupo, com amigos, ainda por cima, pode ter certeza que ficarão de olho em vocês. O melhor é passar na imigração como se estivesse viajando sozinho.

4. “Não conheço ninguém aqui”.
De forma nenhuma diga isso se não for verdade. Já deixamos claro que as mentiras nunca pegam bem e podem facilmente ser descobertas. Seja honesto. Não precisa dizer todos os nomes de quem conhece e fornecer perfis do Facebook, mas, se for questionado, não omita a informação.

5.“Vou passar a primeira noite em um hostel e depois resolvo”.
É bem provável que peçam o seu comprovante de alojamento para passar pela imigração. Mesmo que realmente só vá passar uma noite em um hostel, informe logo o plano B. Deixar em aberto as suas opções de hospedagem é levantar suspeitas.

6. “Depois meus pais me mandam mais dinheiro”
Os agentes querem ver o dinheiro e não ouvir falar nele. Pode precisar mostrar a quantia que leva para passar pela imigração, mesmo que não seja em espécie. Exiba os seus cartões e tenha na ponta da língua o valor do limite de cada um.

7- “Não sei bem quando volto para o Brasil”.
Extremamente importante: é impossível passar pela imigração sem data de retorno para o país de origem. Isso porque, se você entra como turista, não é permitido ficar por tempo indeterminado. Se deixa essa pergunta no ar, dá motivos para que desconfiem que tem intenção de ser imigrante ilegal.

Fonte: E-konomista

4 Comentários

  1. No caso eu to querendo ir pra New York, mas tenho amigos em Boston e um em New Jersey, isso me complica também? Você recomenda mesmo que eu fale a verdade mesmo eles sendo ilegais?

  2. Hello!!! Gostaria de saber se uma pessoa que ficou ilegalmente nos EUA mas , que voltou para o Brasil sem ser deportado. Aguardou os 10 anos de castigo consegue ter o visto americano novamente ? Há uma polêmica sobre este assunto. Algumas pessoas afirmam que sim enquanto outras afirmam que não. Gostaria de saber com certeza. Muito obrigada !!

    • Olá Rose !
      Espero ajudar na sua resposta; Esse fato não aconteceu comigo, mas aconteceu com a esposa de um amigo.
      Ela ainda solteiro foi para USA de forma ilegal (pelo México) e por vontade própria voltou ao Brasil 5 anos depois de forma convencional, pelo aeroporto sem ser deportada.
      Em 2015 exatamente 10 anos depois e agora casada, ela foi com o marido no consulado de Brasilia solicitar o Visto de turista; Perguntada se já havia viajado para fora do país ela contou o história da forma que aconteceu; O cônsul se retirou por um momento para checar as informações e quando voltou até agradeceu por falar a verdade, tudo que havia dito foi aferido pq de alguma forma tava registrado, tbm pelo fato de regressar ao país por vontade própria ajudou na aprovação, o Visto foi concedido.

      Att: Marcello!
      Goiânia-Go

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.