Avós de menino disputado por mãe brasileira e pai americano são detidos em Miami

0
1574
Os brasileiros Carlos Otávio Guimarães, de 67 anos, e Jemima Guimarães, 65 anos, foram detidos no Aeroporto Internacional Miami no início da manhã desta quarta-feira (7), quando chegaram num voo vindo do Brasil. Contra eles há na Justiça dos EUA uma denúncia segundo a qual teriam ajudado sua filha, Marcelle Guimarães, de 39 anos, a manter o neto, cujo pai é americano, ilegalmente no Brasil.
 
Marcelle e a criança viajaram para o Brasil para participar de um evento familiar em julho de 2013, mas deveriam retornar a Houston, onde mora o pai, até 20 de julho de 2013, de acordo com a promotoria americana. Marcelle Guimarães também é acusada no caso, mas não está detida.
 
Carlos Otávio e Jemima Guimarães devem se apresentar ainda nesta terça a um juiz em Miami, que deve determinar se eles ficam detidos nos EUA durante o processo.
 
Defesa
A advogada de Marcelle no Brasil confirmou que os avós foram detidos para esclarecimentos, mas não sabia se eles já haviam sido liberados, e afirmou que não poderia dar detalhes do caso porque o processo corre em segredo de Justiça.
 
“Não compreendo o entendimento da Justiça americana, já que o próprio pai da criança retirou os avós do processo aqui no Brasil”, disse a advogada Marcela Fragoso.
 
O advogado do pai da criança publicou uma nota com comentário do americano sobre a detenção. “Sinto muito que tenhamos chegado a isso. Tudo o que sempre quis – e tudo o que ainda quero – é que meu filho N. tenha acesso igual a ambos os pais amorosos. Se N. for imediatamente devolvido a Houston, estou preparado para pedir à promotoria dos Estados Unidos que seja leniente em como lida com os casos de Carlos e Jemima “, afirmou Christopher Scott Brann, pai do menino.
 
Fonte: Globo
Foto: Christopher Scott Brann/ Arquivo Pessoal
 
Atualização às 19:47 h
Fonte: Consulado-Geral do Brasil em Miami
 
O Consulado-Geral do Brasil em Miami tem acompanhado o caso dos cidadãos brasileiros e norte-americanos Carlos Guimarães e Jemima Guimarães, presos, ontem, no aeroporto internacional de Miami.
 
O casal está sendo acusado pela Procuradoria norte-americana dos crimes de sequestro internacional de menor e formação de quadrilha (“conspiracy”).
 
Na manhã de hoje, foi realizada visita do assessor jurídico do Consulado-Geral a Carlos Guimarães e Jemima Guimarães no centro de detenção federal, em Miami.
 
Os cidadãos brasileiros encontram-se em boa situação de saúde e receberam a assistência consular cabível.
 
Advogado particular nos EUA foi contratado pela família para defender o casal.
 
O Consulado-Geral mantém permanente contato com membro da família dos brasileiros e com seu advogado.
 
A próxima audiência judicial está marcada, a princípio, para o dia 12 de fevereiro na corte federal em Miami.
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here