Brasileiro de 12 anos está detido há 4 meses nos EUA

1
4611
Rhian, de apenas 12 anos, tentou entrar nos Estados Unidos em 11 de maio acompanhado de seu pai, Alécio Soares de Paulo. Ambos foram barrados pela imigração. Seu pai foi deportado em agosto, mas o filho continua em um abrigo para menores em Chicago, reporta a TV Gazeta, afiliada da TV Globo no Espírito Santo.
 
Em entrevista, os pais de Rhian afirmaram que seu filho está sendo bem tratado e que falam com ele por telefone duas vezes por semana. Alécio Soares de Paulo é lavrador em Barra de São Francisco, no Noroeste do Espírito Santo, e tentou entrar nos EUA para trabalhar e enviar dinheiro à família. Ele já tinha tentado entra no país em 2003, mas foi barrado e deportado.
 
“O que me deu esse impulso (para Alécio tentar a sorte nos EUA) foi olhar a geladeira e não ter nada dentro de casa. Depender da minha sogra para comer e para beber. É muita saudade, porque essa semana já faz quatro meses. Me arrependo muito de ter permitido que tudo isso acontecesse. Não aconselho ninguém que faça”, declarou a mãe Elizângela Fagundes Viana.
 
“O café estava todo morrendo. Eu investi dinheiro, peguei empréstimo no banco (para a viagem). Quando a gente chegou lá, me separaram do meu filho e disseram que tinha problema para a gente entrar nos Estados Unidos. E nisso eu fiquei dois meses e 20 dias esperando por ele”.
 
O Ministério das Relações Exteriores, através de um comunicado, informou que a Justiça dos EUA já autorizou o retorno de Rhian ao Brasil, mas que a data da viagem ainda não foi marcada.
 
Fonte: Veja
 

1 Comentário

  1. Val,
    Fiquei procurando um lugar neste site de vocês (MiamieFlorida) e só achei aqui. É que eu queria dar parabéns a você e a seu marido. Achei muito interessante esse site. E daqui para frente vou consultá-lo sempre.

    Também moro nos Estados Unidos.

    Abraços

    José Romildo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.