Dicas de como se proteger na “Temporada de Furacões”.

1
11122

Guia – Preparativos para a Temporada de Furacões.
Informações básicas
A temporada de furacões estende-se de 1° de junho a 30 de novembro de cada ano.
A despeito de as últimas temporadas terem sido calmas, não é possível prever, com segurança, quando outro furacão passará pelo estado da Flórida. É necessário, portanto, estar preparado.
Conforme recomendação das autoridades locais, planejar-se com antecedência e manter estoques de suprimentos vitais para o caso de emergências é fundamental.
Este breve guia tem o objetivo de oferecer à comunidade brasileira algumas orientações úteis para o planejamento familiar no contexto da temporada de furacões, bem como facilitar a busca por informações oferecidas pela rede de assistência do estado da Flórida.

Prepare um Plano
É fortemente recomendável a elaboração de um plano preventivo para você e sua família, tendo em vista as dificuldades normalmente encontradas pelos agentes dos serviços oficiais de emergência e da defesa civil em prestar socorros a elevado número de pessoas logo após a passagem de um furacão de grande escala ou de qualquer outro desastre natural similar. Não deixe para preparar um plano quando um furacão já estiver em curso.
A Divisão de Gerenciamento de Emergências do Estado da Flórida possui aplicativo “on-line” que permite a rápida criação de planos de emergência em poucos passos para famílias e empresas. O acesso pode ser feito por meio da página eletrônica
http://flgetaplan.com
O Consulado-Geral também aconselha os cidadãos brasileiros a manterem-se informados sobre o plano preventivo elaborado pelo Condado de Miami-Dade, disponível na página eletrônica www.miamidade.gov/hurricane/

Além de inteirar-se sobre os cuidados necessários, o brasileiro poderá, por meio daquela página, inscrever-se para receber alertas em seu aparelho celular, obter rotas de evacuação, entre outros.
Verifique, ainda, se sua residência localiza-se em área de risco de inundação em
http://gisweb.miamidade.gov/communityservices/
Além de conferir essas páginas eletrônicas do governo norte-americano, leia atentamente as recomendações abaixo para o adequado preparo de sua família:
Recomendações importantes:

Hurricane 2
Antes do Furacão:
– Prepare um “kit” de emergência (veja abaixo o que incluir no “kit”);
– Verifique, com antecedência, a validade e a cobertura da sua apólice de seguro;
– Combine antecipadamente com familiares e amigos que vivam em outras áreas da cidade a possibilidade de hospedagem, na hipótese de sua residência estar localizada em região de evacuação (http://www.floridadisaster.org/publicmapping/ ou
http://gisweb.miamidade.gov/communityservices);
– Tenha sempre registrado um número de telefone de fora do Estado da Flórida, para comunicação com amigos e familiares;
– Acompanhe permanentemente os noticiários locais ou registre-se para receber alertas sobre furacões ou tempestades tropicais;
– Obedeça fielmente às instruções dos órgãos oficiais, transmitidas via rádio/TV/jornais/internet;
– Mantenha sua família informada de todos os acontecimentos e instruções;
– Em caso de alerta de furacão, mantenha dinheiro e documentos acondicionados em bolsas ou embrulhos de plástico, para evitar que sejam danificados por excesso de umidade;
– Em caso de alertas de furacão, mantenha cheia d’água a banheira e outros recipientes de grande volume para uso comedido durante e após a tempestade;
– Cumpra as determinações de evacuação;
– Informe-se antecipadamente sobre os abrigos públicos mais próximos de sua casa, por meio da página http://floridadisaster.org/shelters/;
– Providencie, com antecedência, um lugar para deixar os animais domésticos (animais domésticos não são permitidos nos abrigos da Cruz Vermelha, nem na maioria de abrigos de outras instituições);
– Apare as árvores de sua propriedade – árvores bem aparadas resistem melhor às ventanias;
– Mantenha sempre cheio o tanque de combustível do seu veículo;
– Não instale geradores dentro de sua residência ou em lugar sem ventilação, pois há perigo de explosão, emissão de gás carbônico, entre outros;
– Retire todo o lixo da residência e do jardim.

hurricane-florida-residents
Durante o furacão:
– Monitore, por rádio ou televisão, as informações sobre o tempo e instruções de oficiais da segurança pública;
– Evite sair de casa durante a tempestade, mesmo se sua residência estiver localizada fora de zona de evacuação;
– Se sua residência estiver sujeita a alagamento, desligue a chave geral de energia elétrica;
– Use lanternas como fonte de iluminação. Não use velas ou querosene; e
– Evite tomar banho ou usar o telefone durante a tempestade.

Após o furacão:
– Não saia do abrigo (em caso de evacuação) ou de casa (se não for evacuado) até que as autoridades expressamente o permitam.
Segundo o governo do Condado de Miami-Dade, a maior parte dos acidentes ocorre logo após o furacão, por choques elétricos, inundações ou acidentes com detritos, e não durante a
passagem da tempestade;
– Não transite por áreas inundadas: além da possibilidade de contrair doenças e ser contaminado, existe o risco, por exemplo, de cabos elétricos rompidos estarem em contato até mesmo com simples poças d’água, o que poderia ocasionar um acidente fatal;
– Verifique as condições de sua residência e certifique-se de que não há riscos à segurança dos moradores. Confira se não há vazamentos de gás ou outros perigos;
– Não utilize grelhas a carvão ou a gás no interior de sua residência;
– Não atrapalhe os trabalhos da defesa civil ou da polícia na tentativa de prestar auxílio voluntário sem autorização ou supervisão do agentes públicos envolvidos; e
– Continue monitorando, por rádio ou televisão, as condições do tempo e instruções de oficiais da segurança pública.

“Kit” de Emergência
Providenciar quantidade suficiente para o prazo de 15 dias:
– Um galão de água por pessoa, por dia (1 galão = 3.78 litros);
– Alimentos não perecíveis (exemplo: enlatados, cereais, leite em pó etc);
– Abridor de latas manual;
– Rádio ou televisão portátil à pilha;
– Pilhas extras;
– Lanterna, velas, fósforos e isqueiros;
– Em caso de estar sob tratamento médico, estocar medicamento extra;
– Protetor solar e repelente;
– Produtos de higiene pessoal;
– Utensílios descartáveis (ex: pratos, talheres, copos);
– Medicamentos e kits de primeiros socorros (incluir: aspirina, cremes para dores musculares, material para curativos etc);
– Baterias extras para aparelhos celulares; e
– Lista impressa com números telefônicos e contatos importantes.

mochila de emergencia
OBS: MANTENHA O SEU “KIT” DE EMERGÊNCIA PRONTO E EM LOCAL DE FÁCIL ACESSO.
“Kit” complementar:
– Originais e cópias de documentos importantes, tais como carteiras de identidade,apólices de seguro, escritura da propriedade e inventário dos bens (fotos ou vídeo), hipoteca ou contratos, conta bancária, caderneta de telefone, entre outros
(guardar os documentos em proteção plástica, a fim de protegê-los contra a umidade);
– Dinheiro, cheques e cartões de crédito; e
– Lençóis e travesseiros, para o caso de sua família dirigir-se a abrigos.

Notas Importantes:
– Se você reside em um trailer, é pessoa com deficiência ou é dependente de qualquer tipo de aparelho elétrico, deverá proceder à evacuação do local em qualquer categoria de tempestade tropical ou furacão; as ordens de evacuação, no caso de sua casa situar-se em zona de risco, não
significam que você está obrigado a viajar para outro Estado. É importante mencionar que as estradas poderão ficar congestionadas, os postos de gasolina
poderão não dispor de combustível suficiente, entre outras dificuldades.
Portanto, procure abrigar-se, sempre que possível, em casas de amigos ou parentes na região, desde que residam em zonas livres de perigo, ou busque, antecipadamente, informações sobre abrigos oficiais; e
– Se você possuir animal de estimação, informe-se sobre os abrigos que aceitam animais ou abrigos exclusivos para animais por meio da página
http://floridadisaster.org/shelters/

Turistas
Em caso de furacão, contate a gerência de seu hotel para informações sobre planos locais de evacuação. Além disso, existe linha telefônica específica do Condado de
Miami-Dade destinada a turistas: (305) 468-5900. Em geral, os hotéis são obrigados a terem um plano de evacuação próprio e possuem parcerias com estabelecimentos hoteleiros fora das áreas de risco para abrigar os hóspedes.

Assistência do Consulado-Geral em Miami
– No site do Consulado-Geral (http://miami.itamaraty.gov.br/ptbr/preparativos_para_a_temporada_de_furacoes.xml),
encontram-se informações sobre a rede de assistência disponível à população na Flórida, bem como providências a serem tomadas em caso de furacões;
– No caso de ocorrência de furacão, o Consulado-Geral funcionará em regime de plantão de emergência, por meio dos seguintes números telefônicos: (305) 801-6201/ (305) 801-6202. Outros números poderão ainda ser designados no regime de plantão e serão informados à comunidade por meio da página eletrônica do Consulado-Geral e de outros meios de comunicação;
– Após a passagem do furacão, quando as autoridades locais permitirem o funcionamento da sede do Consulado-Geral, os casos de emergência passarão a ser atendidos, também, pelos seguintes telefones: (305) 285-6251/(305) 285-6258/ (305) 285-6208;
– Em último e extremo caso, na hipótese de total colapso das comunicações com Miami, igualmente estará disponível o Plantão da Assistência Consular em Brasília, por meio do seguinte número telefônico: + 55 61 9976-8205;
– Caso necessário, o Consulado-Geral montará equipe voltada para a localização de brasileiros e eventual contato com seus familiares no Brasil; os contatos da equipe serão então informados à comunidade por meio da página eletrônica do Consulado-Geral e de outros meios de comunicação;
– É importante ressaltar que durante uma situação de emergência, o Consulado Geral estará concentrado em localizar brasileiros desaparecidos ou emitir documentos de emergência. A emissão de documentos de rotina estará suspensa;
– Se a sede do Consulado-Geral vier a ser localizada em zona de evacuação, será informado local temporário para atendimento consular; e
– Durante uma emergência, o Consulado-Geral utilizará todos os meios de comunicação disponíveis, como página eletrônica, lista de e-mails e Facebook, para prestar informações para a comunidade brasileira.

Abrigos Públicos:
Informe-se sobre os abrigos públicos mais próximos de sua residência no seguinte endereço eletrônico:
– Florida Division of Emergency Management – http://floridadisaster.org/shelters
Localização de pessoas

É recomendável o registro no serviço gratuito “Safe and Well” (www.safeandwell.org)da Cruz Vermelha, que, no caso de desastres naturais, facilita a localização de pessoas.
Em geral, os abrigos também utilizam o serviço da Cruz Vermelha para registrar pessoas desabrigadas. A própria equipe de assistência consular do Consulado-Geral
utiliza essa ferramenta no trabalho de localização de brasileiros.

Fonte: Consulado-Geral do Brasil em Miami

1 Comentário

Comments are closed.