Equipe do Projeto Tamar (BR) faz visita aos parques SeaWorld na Flórida (EUA)

0
195
Dando continuidade à parceria que teve início no ano passado entre o Projeto Tamar e o SeaWorld Parks & Entertainment, recebemos em nossos parques da Flórida dois membros da equipe do Tamar do Brasil para mais uma viagem que tem como objetivo principal a troca de informações e aprendizado para ambas as organizações.
 
A veterinária Thais Pires, da base do Projeto Tamar na Praia do Forte, na Bahia, e a bióloga Camila Trentin Cegoni, da base do Tamar Sul, em Florianópolis, Santa Catarina, tiveram a oportunidade de passar 10 dias ao lado das equipes de veterinários e cuidadores de animais, e também puderam ver de perto as atividades educacionais desenvolvidas pelos parques para os visitantes, tanto para o público em geral quanto para os estudantes que participam de projetos em parcerias com escolas locais.
 
O roteiro contou com visitas aos parques SeaWorld Orlando, Busch Gardens Tampa, Discovery Cove, com uma agenda completa passando pelos habitats de diversos animais, aquários, sistemas de filtração de água dos parques, laboratórios, áreas de quarentena e tratamentos veterinários e locais de preparação de alimentos. Além disso, elas visitaram outros projetos de preservação apoiados pelo SeaWorld & Busch Gardens Conservation Fund, o Rising Tide – projeto que pesquisa formas sustentáveis de criação de peixes ornamentais; e o Tampa Bay Watch, que trabalha junto com a comunidade para preservar o estuário da região de Tampa Bay. Elas também tiveram a oportunidade de conhecer os aquários que são parceiros do SeaWorld & Busch Gardens em projetos educacionais, pesquisa e conservação, como o Florida Aquarium, Clearwater Aquarium e Mote Marine Laboratory & Aquarium.
 
Para Camila, gerente do Centro de Visitantes em Florianópolis “foi minha primeira vez fora do Brasil e conhecer os parques do SeaWorld foi a realização de um sonho, especialmente ver as orcas tão de perto. Não tinha um conhecimento tão profundo sobre os trabalhos de reabilitação e conservação realizados pela companhia, nem de tantas parcerias com diversas instituições ao redor do mundo. Além disso, os trabalhos de sensibilização e educação ambientais são geniais! Me chamou muito a atenção as estruturas e organização dos projetos com escolas e o quanto isso é enriquecedor do ponto de vista educacional. A possibilidade de o visitante fazer tours especiais pelos bastidores dos parques é emocionante, pois mostra o outro lado das atrações, a forma que os animais são cuidados e a estrutura necessária para o manejo deles. Uma das coisas que mais me marcou foi o carinho, dedicação e amor de todos os profissionais envolvidos em todas as áreas dos parques, desde os cuidadores dos animais, as equipes de educação ambiental e os demais profissionais envolvidos com o público. Esse intercâmbio de informações entre o Projeto Tamar e o SeaWorld Parks foi extremamente enriquecedor, e além de trazer aperfeiçoamento profissional, que será utilizado na base do Tamar em Florianópolis, me fez sentir profunda gratidão e orgulho em trabalhar com conservação no Brasil. ”
 
Thais, veterinária responsável no Centro de Visitantes da Praia do Forte, afirma: “a oportunidade de acompanhar tão de perto as atividades desenvolvidas nos parques SeaWorld, Busch Gardens e Discovery Cove foi uma experiência única e extremamente enriquecedora. Fomos recebidas de forma muito acolhedora por todas as equipes, conhecemos as rotinas de manejo e cuidados com os animais, visitamos as excelentes estruturas de tratamento de água, quarentenas, centros médicos e cirúrgicos, laboratórios, berçários e setor de nutrição. Vimos o trabalho da companhia em resgate e reabilitação de animas de diversas espécies, que já devolveu mais de 31mil indivíduos à natureza, e a dedicação de todos para garantir a saúde e bem-estar dos animais. A equipe de educação ambiental desenvolve um ótimo trabalho divulgando a importância da conservação da natureza para os diversos públicos, incluído crianças e jovens que podem participar de programas especiais para escolas e os acampamentos de férias. Ver tudo isso em atividade comprova como é importante e efetivo essa aproximação, como as emoções vividas nunca serão esquecidas e como é necessário esse entendimento para garantir um ambiente saudável para todos que habitam o planeta. Além disso conhecer outras instituições que trabalham em prol da conservação marinha, com realidades e problemas ambientais distintos nos leva a refletir e perceber outras possibilidades de soluções para as dificuldades que encontramos. Fico muito feliz em ter participado desse intenso aprendizado, de mostrar um pouco do trabalho realizado pelo Tamar em prol das tartarugas marinhas e seu envolvimento com as comunidades locais, e tenho plena convicção que isso refletirá no meu trabalho e será transmitido a todos aqueles que se dedicam para proteger o ambiente marinho. ”
 
O Projeto Tamar é uma das organizações do Brasil apoiadas pelo SeaWorld & Busch Gardens Conservation Fund – organização sem fins lucrativos que já concedeu mais de US$ 16 milhões para cerca de mil projetos em 60 países, espalhados por todos os continentes do mundo. Além do subsídio financeiro direto aos projetos de preservação do meio ambiente, pesquisas e conservação, o SeaWorld Parks & Entertainment oferece também recursos humanos. Os visitantes dos parques e o público em geral também podem fazer doações que vão ajudar a preservar a vida selvagem por meio da organização. O Fundo repassa 100% das doações para atividades de conservação da vida selvagem.
 
Fonte: 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here