Incêndios deixam mortos e destroem 1,5 mil casas na Califórnia

0
405
Cerca de 1,5 mil construções foram danificadas ou destruídas e milhares de pessoas precisaram deixar suas casas no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, devido à propagação de vários incêndios na região. As causas dos incêndios estão sendo investigadas.
 
De acordo com a agência France Presse, 10 pessoas morreram no estado – 7 no condado de Sonoma, 2 em Napa e uma em Mendocino. Além disso, mais de 100 pessoas estão sendo tratadas em hospitais dos condados de Napa e Sonoma. Segundo a rede CNN, mais de 20 mil pessoas tiveram que abandonar suas casas.
 
No condado de Napa foram registrados três grandes incêndios na madrugada e vários de menor dimensão, segundo informou o porta-voz do condado, Molly Rattigan. No entanto, as chamas se espalham com o passar do tempo e provocam novos focos, o que levou o governador do estado, Jerry Brown, a declarar o estado de emergência.
 
A destruição causada pelos incêndios surpreendeu as autoridades, já que em apenas algumas horas o vento estendeu as chamas por milhares de hectares.
 
O pior incêndio na história recente da Califórnia foi em Cedar, no condado de San Diego, em 2003, que destruiu mais de 2.800 residências. Em 2007, o incêncio de Witch, também em São Diego, destruiu mais de 1,6 mil residências. Ambos ocorreram em outubro.
 
“Esta época do ano é quando historicamente ocorreram os incêndios maiores, mais perigosos e mortíferos do estado”, disse Upton, se referindo aos fortes ventos do outono.
 
Um dos incêndios mais violentos está na localidade de Santa Rosa, no condado de Sonoma, onde uma grande faixa do norte da cidade está sob ordem de evacuação e escolas foram fechadas. Hospitais e estabelecimentos comerciais também precisaram ser evacuados.
 
O Serviço Meteorológico Nacional emitiu no domingo uma advertência sobre ventos de 32 a 56 quilômetros por hora na região.
 
Fonte: Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here