Mãe é presa nos EUA sob suspeita de prender em jaula filhos deficientes.

0
2147

Uma mulher foi acusada de crueldade infantil e cárcere privado por manter seus filhos com necessidades especiais, um menino de 11 anos e uma menina de 8, presos em jaulas caseiras.
O garoto foi encontrado na quinta-feira (6) em uma das duas jaulas dentro de uma casa em Chatsworth, na Geórgia, nos Estados Unidos, segundo o agente especial encarregado do escritório regional do Departamento de Investigação da Geórgia, Greg Ramey.
A menina não estava presa quando as autoridades chegaram na casa, mas ela era mantida em uma jaula “de vez em quando”, afirmou Ramey.

duas mulheres
A mãe, Stephanie Stone, de 34 anos, foi presa e acusada de crueldade com os filhos, cárcere privado e posse de drogas. Quando a polícia chegou ao local, havia outra mulher na casa, Wanda Redfern, de 49 anos, que também foi acusada de crueldade infantil e cárcere privado.
O menino estava sendo mantido dentro de uma estrutura montada a partir de duas camas individuais de metal, colocadas uma sobre a outra, fixadas com dobradiças de metal e lacres de plástico, disse Ramey, descrevendo como uma “jaula improvisada”.
O agente especial também afirmou que a outra jaula tinha sido montada a partir de um sofá-cama, com uma espécie de grade de madeira, prateleiras metálicas e uma plataforma de madeira no topo.
Ramey afirmou que as crianças tinham algum tipo de deficiência, mas não especificou qual seria. Elas foram colocados sob a supervisão dos serviços de proteção à criança e familiares.

Fonte: Da Reuters