Orlando passa a gerenciar tempo de espera na imigração.

0
1961
Com o objetivo de reduzir o estresse dos viajantes e de monitorar e prever os períodos de espera na imigração, o Aeroporto Internacional de Orlando adotou a tecnologia de gerenciamento de filas da Sita. A solução Queue Analyzer fornece ao aeroporto uma visão em tempo real dos pontos de verificação da Agência de Segurança dos Transportes (Transport Security Administration), permitindo, assim, resposta rápida às condições inesperadas.
A ferramenta fornece também dados históricos referentes ao tempo de espera, com o objetivo de estabelecer os perfis encontrados em diferentes horários, dias e temporadas. “O serviço ao cliente é a prioridade número um do Aeroporto Internacional de Orlando. Nós, realmente, queriámos ser capazes de fornecer informações do tempo de espera, com a duração exata para nossos viajantes, visando reduzir a ansiedade”, destacou o diretor de TI do Aeroporto de Orlando, John Newsome.
 
Segundo o vice-presidente da Airport Solutions da Sita, Matthys Serfontein, a espera para passar pela Imigração é uma das experiências mais frustrantes para os viajantes. “O enfoque maior em todo o mundo na segurança torna mais difícil a tarefa dos aeroportos de agilizar e facilitar esse passo na jornada dos passageiros. Utilizando a solução Queue Analyzer da Sita agora podemos monitorar e prever os períodos de espera nos principais pontos de afunilamento do aeroporto. Isto permite ao operador aeroportuário aprimorar a eficiência operacional e a experiência do passageiro ao passar pelo controle de segurança”, explicou.
 
Hoje, o aeroporto testa a tecnologia a fim de determinar e gerir os tempos de espera no balcão de check-in das companhias aéreas e nos planos pilotos adicionais em outros pontos da jornada aérea, tanto para os passageiros que embarcam quanto para aqueles que desembarcam.
 
Fonte: Panrotas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.