Os 10 piores países para mulheres viajantes (Brasil em 4º).

0
1583

Viagens perigosas
O International Women’s Travel Center (IWTC) é uma entidade que se dedica a auxiliar mulheres viajantes a realizarem jornadas seguras pelo mundo e, periodicamente, produz uma lista de lugares que são considerados os mais perigosos para as turistas que desejam viajar sozinhas ou acompanhadas.
A partir de uma seleção de países que foram considerados como “prováveis destinos”, e que, portanto, não inclui lugares como Síria e Iraque, a entidade pesquisou informações sobre segurança e violência em entidades internacionais. Montou então um perfil sobre cada um deles, expondo os maiores riscos oferecidos às mulheres.
Vale ressaltar que a entidade não recomenda que viagens não sejam feitas aos locais listados, apenas lembra que os perigos existem e que, portanto, cautelas são necessárias. Embora a seleção seja baseada em critérios subjetivos e tenha sido elaborada com vista ao público feminino, não deixa de ser mais uma boa ferramenta a ser utilizada por todos na hora de organizar as férias.

Segue a lista:
1º- India
2º- Egito
3º- México
4º- Brasil
O Brasil não escapou da seleção uma vez que,“os turistas são vistos como alvos específicos, especialmente durante a noite”. A entidade cita ainda dois crimes comuns no país: os sequestros relâmpagos para saques em caixas automáticos e também os roubos realizados por homens em motocicletas, que conseguem escapar rapidamente.
A violência sexual também é citada como um motivo de alerta para o país. Um exemplo deste problema foi o caso da turista americana, de apenas 21 anos, que foi estuprada dentro de uma van no Rio de Janeiro ao tentar ir de Copacabana para a Lapa, dois dos lugares mais turísticos da cidade.
5º-Honduras
6º- Quênia
7º- Colômbia
8º-Papua Nova Guiné
9º- Arábia Saudita
10º- Venezuela

Fonte: Exame