Saiba como abrir uma conta nos EUA.

1
7752
Uma dúvida muito freqüente de muita gente é em relação a abertura de conta aqui nos EUA, como fazer, quais documentos, como comprovar renda, etc. Este post pode servir para que vocês entendam um pouco do processo e quais as vantagens (ou não), de ter uma conta por aqui. Em primeiro lugar, abrir uma conta aqui nos EUA pode ser fácil e sem burocracia dependendo do banco e das regras que se aplicam a ele.
Um exemplo:
Duas contas: uma aberta como turista e outra aberta quando você vem morar aqui. Em ambas, o procedimento de abertura é exatamente o mesmo (ninguém pergunta NADA sobre qual o seu visto ou coisas desse tipo).
Outro ponto que é muito diferente do Brasil é na questão de agências; não existe número da agência e seu gerente específico. Todos os bancos (da mesma rede é claro), podem te atender e resolver seus problemas, independente se foi lá que você abriu a conta ou não. Um sistema prático e rápido, sem muita burocracia. Na verdade mesmo, as agências disputam os clientes para atrair mais e mais pessoas.
E os bancos querem mesmo é vender produtos. Para se ter uma ideia, tem vários bancos aqui que pagam para você abrir uma checking account (conta corrente) com eles, oferecendo, por exemplo, US$100.00 de depósito para você no ato da abertura ou um cartão pré-pago com um valor X disponível, FREE, para ser usado.
Agora a grande diferença mesmo é logo na porta do banco; não existe catraca, seguranças para todos os lados. Não tem esse estresse que temos ao entrar em qualquer banco no Brasil.
O Regions Bank, um banco menor aqui na Florida que serve basicamente a comunidade latina, que queiram investir aqui, a partir da aquisição de imóveis. Precisa apenas do passaporte e US$100.00 para depositar na conta corrente. NADA MAIS. Não precisa comprovar endereço. Fácil, rápido e prático. A desvantagem desse banco é o acesso ao internet banking. Eles apenas liberam o acesso se você tiver um Tax Number, que seria um número aqui nos EUA para declaração de imposto de renda. Sem esse número, você não tem acesso ao online bank deles.
O Bank of America, uma espécie de “banco popular”, estilo Banco do Brasil. Tem em todos os lugares, e em qualquer ponto da Florida e, também dos EUA, é claro. Super fácil abrir uma conta: passaporte, 100 dólares e nada mais.Depois de uns 20 minutos o cliente sai do banco com conta aberta, cartão de débito temporário na mão. A vantagem do Bank of America são as várias facilidades oferecidas aos clientes; por exemplo, no caixa eletrônico, você escolhe o idioma que quer usar (tem até menu em português), você deposita dinheiro sem precisar de envelopes (usa-se a própria cédula mesmo), o internet banking não precisa de TAX ID pra ser usado (mas depois de umas semanas como cliente eles te mandam um formulário pra você solicitar sua Tax ID), etc. Fora que, numa eventual crise, talvez este banco tenha maior solidez e robustez que outros aqui nos EUA para absorver, positivamente, os impactos de uma crise econômica de longo prazo.
 
Usando o Drive Thru Uma coisa que aqui é super diferente do Brasil é a utilização de drive thru para operações bancárias simples, como saques e visualização de extratos, ali, no conforto do ar-condicionado do seu carro e sentado. Super comum nos EUA, os drives thrus dos bancos funcionam com um sistema bem interessante, onde você observa opções de caixas diferentes, de acordo com a necessidade do cliente. Por exemplo, se você quer fazer alguma operação que demanda um atendimento, usa-se um caixa que se conecta diretamente a agência através de uma janelinha, sem precisar sair do carro. Percebe-se claramente a diferença que temos no sistema dos bancos. No Brasil muitas vezes, ir ao banco é uma aventura que não sabemos ao certo como vai terminar: a pessoa fica quase “pelada” para entrar em uma agência, filas imensas, risco de assaltos ao sair do banco etc. Sem contar com os assaltos aos caixas eletrônicos.

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here